PUBLICIDADE

política

Mayra Pinheiro defende cloroquina e diz que ministério tem autonomia em relação à OMS

A secret√°ria do Minist√©rio da Sa√ļde Mayra Pinheiro afirmou √† CPI da Pandemia que, na qualidade de m√©dica, mant√©m a orienta√ß√£o do uso de cloroquina e “de todos os recursos poss√≠veis para salvar vidas”. A ado√ß√£o do medicamento contra a covid-19 foi um dos principais temas abordados pelos senadores no depoimento desta ter√ßa-feira (25) na comiss√£o parlamentar de inqu√©rito do Senado.

A servidora, que √© titular da Secretaria de Gest√£o do Trabalho e da Educa√ß√£o na Sa√ļde da pasta, disse ainda que nunca recebeu ordem para defender o rem√©dio e que o minist√©rio nunca recomendou o uso da subst√Ęncia, mas apenas orientou a comunidade m√©dica para a dosagem segura, uma vez que a cloroquina e a hidroxicloroquina j√° vinham sendo usadas no mundo inteiro.

O relator, Renan Calheiros (MDB-AL), lembrou que a Organiza√ß√£o Mundial da Sa√ļde (OMS) n√£o recomenda mais o uso dos rem√©dios, e a testemunha respondeu que, embora o Brasil seja signat√°rio da entidade, os minist√©rios da Sa√ļde de todos os pa√≠ses do mundo s√£o √≥rg√£os independentes e t√™m autonomia para a tomada de decis√£o de acordo com as situa√ß√Ķes locais.

‚ÄĒ A OMS retirou a orienta√ß√£o desses medicamentos para tratamento da covid baseada em estudos que foram feitos com qualidade metodol√≥gica question√°vel, usando medica√ß√Ķes na fase tardia da doen√ßa, em que todos n√≥s j√° sabemos que n√£o h√° benef√≠cio para os pacientes ‚ÄĒ afirmou.

O senador Otto Alencar (PSD-BA), que é médico, afirmou que cloroquina não é antiviral em estudo sério nenhum do mundo. Trata-se de um antiparasitário, frisou. Ao se referir ao presidente Jair Bolsonaro, ele disse que a insistência em permanecer no erro não é virtude, mas defeito de personalidade.

‚ÄĒ Minha discord√Ęncia aqui nunca foi pol√≠tica, mas cient√≠fica, n√£o tem nenhum antiviral que possa controlar a doen√ßa. N√£o podemos levantar a bandeira. Isso n√£o √© s√©rio, n√£o √© honesto, n√£o √© direito. √Č uma medica√ß√£o velha, usada numa doen√ßa nova que n√£o se conhece ‚ÄĒ disse Otto.

A secret√°ria respondeu dizendo que h√° estudos demonstrando efeitos antivirais da cloroquina e reiterou que nunca disse que o medicamento seja capaz de curar a covid, mas sim diminuir as interna√ß√Ķes e evitar o colapso do sistema de sa√ļde.

Indagada pela senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA), a representante do Minist√©rio da Sa√ļde disse n√£o achar adequado o apelido que ganhou de “Capit√£ Cloroquina”.

‚ÄĒ N√£o acho o termo adequado, pois n√£o sou oficial de carreira militar. Sou uma m√©dica respeitada no meu estado, por isso prefiro ser chamada apenas de doutora Mayra Pinheiro ‚ÄĒ afirmou.

Fonte: Agência Senado