PUBLICIDADE

sa√ļde

Estresse pode desencadear crises alérgicas

A alergia é uma resposta exagerada do sistema imunológico a algum agente externo, como ácaros, fungos, insetos, pelos de animais, pólen, alimentos e medicamentos. As doenças alérgicas (alimentares, dermatológicas ou respiratórias, por exemplo) podem ter vários gatilhos nos indivíduos predispostos geneticamente. O estresse pode ser um deles.

‚ÄúN√£o √© uma rela√ß√£o direta, mas o estresse pode mexer com o sistema imune e, eventualmente, piorar a crise ou deixar a pessoa mais suscet√≠vel. A causa n√£o √© o estresse, mas ele pode desencadear algo quando j√° havia uma predisposi√ß√£o gen√©tica‚ÄĚ, diz a Dra. Yara Arruda Mello, alergologista do Hospital e Maternidade S√£o Luiz Itaim.

Ela explique que, no caso da asma, o paciente acaba se sensibilizando com maior frequência aos ácaros, mas, em uma situação de estresse, ele pode ter os sintomas de crise ativados. Em todos os casos, porem, é essencial consultar o especialista para que os demais fatores alérgenos externos sejam descartados e se comprove que o estresse foi o gatilho.

O al√≠vio dos sintomas depende de cada doen√ßa, mas o recomend√°vel para qualquer pessoa em qualquer situa√ß√£o √© levar uma vida mais saud√°vel para que todo o organismo funcione de maneira adequada. ‚ÄúN√£o s√≥ evitar o estresse, mas tamb√©m ter um sono regulado e uma dieta balanceada. Atividade f√≠sica tamb√©m √© bastante importante. Algumas pessoas gostam de dan√ßar, outras preferem meditar. Cada um deve identificar qual atividade que funciona melhor‚ÄĚ, afirma a m√©dica.

Segundo a especialista, o mais importante é que as pessoas tenham consciência do que está acontecendo e sigam a orientação médica e o plano de ação feito com o alergologista. O diagnóstico correto e bem apurado dessas doenças é fundamental para saber como proceder no momento de cada uma das crises e em caso de emergência.

 

Foto: Reprodução

PUBLICIDADE