PUBLICIDADE

3.0 - NEG脫CIOS

D贸lar: Especialista recomenda compra imediata da moeda americana

O momento 茅 ideal para quem deseja ou precisa comprar d贸lar. As medidas por parte do presidente Michel Temer ao aprovar reformas da previd锚ncia e trabalhista valorizaram o real e t锚m mantido a moeda americana nos menores patamares desde junho de 2015. Ainda que o c芒mbio possa cair mais, o fundador da startup Bidollar, Kenzo Tominaga, 茅 taxativo: n茫o perca a oportunidade de fazer o c芒mbio agora.

Na Bidollar, plataforma gratuita para cota莽茫o e compra de moedas pela internet, um gr谩fico em tempo real permite acompanhar a varia莽茫o do d贸lar com precis茫o de segundos. Segundo Tominaga, mais importante do que gastar tudo em um momento em que o d贸lar est谩 baixo 茅 espalhar as transa莽玫es. “Em bons momentos do mercado como este, o ideal 茅 fazer v谩rias opera莽玫es para garantir uma cota莽茫o m茅dia vantajosa a longo prazo”, explica ele.

Dessa forma, em um cen谩rio em que h谩 a possibilidade do c芒mbio se tornar ainda mais vantajoso, comprar d贸lares ainda assim 茅 imperd铆vel para quem tem viagens planejadas mesmo num futuro n茫o t茫o pr贸ximo, avalia o fundador da Bidollar. “No entanto, grande parte das avalia莽玫es econ么micas que t锚m sido feitas indicam que a bonan莽a n茫o deve continuar”, diz ele. “H谩 a expectativa de que o Fed, o equivalente ao Banco Central nos Estados Unidos, suba suas taxas de juros, o que desencadearia uma nova alta do d贸lar”, avisa.

Para Tominaga, a conjuntura 茅 especialmente ben茅fica para quem vai comprar papel-moeda. Por outro lado, o baixo pre莽o do d贸lar ajuda a mitigar os impostos dos cart玫es de cr茅dito pr茅-pagos – op莽茫o mais interessante para quem planeja gastar mais durante a viagem, assim como para aqueles que v茫o encarar longos per铆odos no exterior.

Com cerca de 30 mil usu谩rios, a Bidollar notou um aumento de 20% nas transa莽玫es com d贸lar desde o come莽o do ano na compara莽茫o com o mesmo per铆odo de 2016. 鈥淪em d煤vida, tem muita gente aproveitando a baixa do d贸lar para fazer c芒mbio”, diz Tominaga.

Foto: Reprodu莽茫o

PUBLICIDADE