PUBLICIDADE

economia

D贸lar cai para R$ 4,86 e atinge menor n铆vel desde fim de novembro

Influenciado por fatores externos e internos, o mercado financeiro teve um dia de ganhos. O d贸lar caiu para abaixo de R$ 4,90 e atingiu o menor n铆vel em um m锚s. A bolsa de valores subiu pela segunda vez consecutiva e voltou a bater recorde.

O d贸lar comercial encerrou esta ter莽a-feira (19) vendido a R$ 4,865, com recuo de R$ 0,04 (-0,81%). A cota莽茫o operou em baixa durante todo o dia. Na m铆nima da sess茫o, por volta das 15h30, chegou a cair para R$ 4,85, logo ap贸s a divulga莽茫o da not铆cia de que a ag锚ncia de classifica莽茫o de risco Standard & Poor鈥檚 (S&P Global) elevou a nota da d铆vida p煤blica brasileira.

A moeda norte-americana caiu para o menor valor desde 20 de novembro. A divisa acumula queda de 1,02% em dezembro e de 7,86% em 2023.

No mercado de a莽玫es, o dia tamb茅m foi otimista. O 铆ndice Ibovespa, da B3, fechou aos 131.851 pontos, com alta de 0,59%. O indicador tinha perdido f么lego durante a tarde, mas recuperou-se perto do fim das negocia莽玫es, ap贸s a melhoria da classifica莽茫o do Brasil.

Nesta tarde, a聽S&P Global elevou a nota da d铆vida brasileira聽de tr锚s para dois n铆veis abaixo do grau de investimento, garantia de que o pa铆s n茫o dar谩 calote na d铆vida p煤blica. A ag锚ncia citou a aprova莽茫o da reforma tribut谩ria e as recentes medidas para elevar a arrecada莽茫o como justificativa.

No plano interno, a divulga莽茫o da ata da 煤ltima reuni茫o do Comit锚 de Pol铆tica Monet谩ria (Copom) animou os investidores. O Banco Central informou que pretende promover pelo menos dois cortes de 0,5 ponto percentual at茅 mar莽o na Taxa Selic (juros b谩sicos da economia), afastando a possibilidade de acelerar os cortes para 0,75 ponto percentual.

Embora reduza as expectativas de crescimento econ么mico para o pr贸ximo ano, a queda menor dos juros anima o mercado financeiro. Isso porque os juros brasileiros continuar茫o bem mais altos que os dos Estados Unidos, o que estimula a entrada de capital financeiro no pa铆s.

O cen谩rio internacional tamb茅m contribuiu para a euforia no mercado financeiro. A alta no pre莽o do petr贸leo pelo segundo dia seguido e a forte queda do d贸lar no mercado global tamb茅m contribu铆ram para diminuir a cota莽茫o da moeda no Brasil.

* com informa莽玫es da Reuters

Edi莽茫o: Aline Leal