PUBLICIDADE

7.0 - MANUALviagem

Direitos e deveres na balada paulistana

Se você é baladeiro e está acostumado a frequentar a noite paulistana, deve saber que nem sempre tudo é apenas diversão. Chateações como grandes filas, bares cheios e confusão para pagar a conta são apenas alguns dos problemas que podem estragar sua noite. Saiba identificar seus direitos e deveres com dicas sobre alguns temas.

Consumação mínima – proibido! A cobrança da consumação mínima foi proibida no estado de São Paulo desde 2005.  De acordo com o Procon, o estabelecimento não pode estabelecer nenhuma quantia de consumo. Quem deve escolher o quanto vai gastar, é o cliente.

Só aceita dinheiro? A casa não é obrigada a aceitar cartões ou cheques, mas, o cliente deve ser informado antes de entrar. Todas as formas de pagamento devem estar bem destacadas na entrada da balada.

Perdi a comanda. E agora? Se isso acontecer, não se desespere.  Avise os seguranças e/ou a gerência do estabelecimento. Pagar uma taxa fechada é a medida que alguns lugares adotam, mas ela é considerada abusiva pelo Procon. Se o gerente não entender isso, você deverá pagar a comanda, mas exija uma nota fiscal explicando que o pagamento daquele valor se deve à perda da comanda e entre em contato com o Procon. Com a nota em mãos, é possível reaver o valor e a casa pode ser multada.

Com que roupa eu vou? Se você acha que pode ir com a roupa que quiser na balada, está enganado. A casa noturna ou a festa definem o tipo de vestimenta que não pode entrar no local. Por exemplo, chinelos, camisas de time, regatas, tênis. Porém, assim como o caso das formas de pagamento, o tipo de vestimenta deve estar claro na divulgação do evento.

Roubo ou furto. Se você for furtado dentro da balada e não chegar a um acordo com a casa, vá à delegacia e registre um boletim de ocorrência. Com ele, é possível entrar com uma ação no juizado de pequenas causas, já que o estabelecimento deve adotar medidas para evitar esse tipo de situação e são responsáveis pelo que acontece dentro do espaço.

Atualize seu RG! Apesar das carteiras de identidade não terem prazo de validade, se o documento for antigo e não permitir a identificação, a casa, por motivo de segurança, pode barrar sua entrada. Então, para evitar problemas, os institutos de identificação orientam que o documento esteja em perfeito estado e com foto atualizada.

PUBLICIDADE