PUBLICIDADE

brasil

Descubra como trocar seu antigo RG pela nova Carteira de Identidade Nacional

Para facilitar o acesso de todos os brasileiros a informa√ß√Ķes sobre a nova Carteira de Identidade Nacional¬†(CIN), o Minist√©rio da Gest√£o e da Inova√ß√£o em Servi√ßos P√ļblicos¬†(MGI)¬†criou a p√°gina ‚Äúgov.br/identidade‚ÄĚ.¬†Neste ambiente, √© poss√≠vel encontrar informa√ß√Ķes sobre a Legisla√ß√£o, a C√Ęmara Executiva Federal de Identifica√ß√£o do Cidad√£o (Cefic),¬†o¬†Servi√ßo de Identifica√ß√£o do Cidad√£o e uma √°rea de “Perguntas frequentes”.

At√© o momento, a nova Carteira de Identidade j√° est√° apta para ser emitida em 23 estados e no Distrito Federal.¬†S√£o eles: Acre, Alagoas, Amazonas, Cear√°, Esp√≠rito Santo, Goi√°s, Maranh√£o, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Par√°, Para√≠ba, Paran√°, Pernambuco, Piau√≠, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rond√īnia, Santa Catarina, S√£o Paulo, Sergipe e Tocantins.¬†Mais de tr√™s milh√Ķes¬†de¬†CINs¬†j√° foram emitidas.

Desde o dia 11 de janeiro deste ano, os estados e Distrito Federal¬†tem de¬†adotar a Carteira de Identidade Nacional (CIN) como documento de identifica√ß√£o, com padr√£o nacional e n√ļmero √ļnico, que ser√° o cadastro de pessoa f√≠sica (CPF).¬†Essa iniciativa tem o objetivo de melhorar os cadastros do governo, reduzir as fraudes¬†e ampliar a seguran√ßa¬†dos processos¬†de identifica√ß√£o de cidad√£os no Brasil.

A partir da utiliza√ß√£o de n√ļmero √ļnico em todas as unidades da federa√ß√£o, os dados ser√£o integrados de forma segura, o que permitir√° a atua√ß√£o de diversas √°reas do governo, para atender √†s necessidades dos cidad√£os¬†em √°reas como sa√ļde, educa√ß√£o e trabalho.

Com a CIN, todas as pol√≠ticas p√ļblicas¬†ter√£o acesso ao mesmo dado oficial de identidade do cidad√£o,¬†pela simplifica√ß√£o dos cadastros administrativos. Quando uma pessoa precisar marcar uma consulta no SUS, por exemplo, os dados da identifica√ß√£o estar√£o dispon√≠veis em tempo real, independente se o atendimento for virtual ou presencial. O mesmo vale para benef√≠cios como o Bolsa Fam√≠lia e registros no INSS.

O MGI¬†tamb√©m informa¬†que os cidad√£os t√™m at√© 2032 para fazer a troca¬†do antigo RG pelo¬†novo documento. Esse prazo √© para que todo brasileiro tenha tempo¬†de¬†trocar o seu documento sem pressa.¬†Lembrando que tanto a primeira via quanto as renova√ß√Ķes da CIN s√£o¬†gratuitas, pois,¬†segundo a legisla√ß√£o da CIN, a renova√ß√£o dos documentos deve seguir os seguintes per√≠odos:

¬†– 0 a 12 anos incompletos ‚Äď validade de 5 anos.

– 12 a 60 anos incompletos ‚Äď validade de 10 anos.

– Acima de 60 anos ‚Äď validade¬†indeterminada.