PUBLICIDADE

esporte

Corrida de rua: especialista dá dicas para quem quer começar a disputar maratonas

A Maratona Internacional de São Paulo está chegando. A 23ª edição da prova que reúne milhares de atletas acontece no próximo domingo, 09/04, e tem muita gente disposta a chegar ao pódio. Além dos tradicionais 42 km, outras distâncias também serão percorridas: 24 km, 8 km e 4 km – trecho que pode ser corrida ou caminhada.

De acordo com o médico do esporte Renato Estrella, independentemente da distância, o preparo é fundamental para evitar distensões musculares, lesões e problemas mais sérios. Para quem quer se inspirar na maratona e começar a correr, algumas dicas também são importantes.

“No caso de trechos longos, o ideal é que o atleta tenha tido acompanhamento meses antes da maratona. É importante que o maratonista observe, junto a um especialista, a progressão do exercício com treinos de corrida, além da técnica e do fortalecimento adequado da musculatura, principalmente a de quadril, para evitar patologias futuras”, esclarece Estrella.

Para quem vai correr a maratona ou pretende começar a correr, o especialista dá dicas importantes:

  • Hidrate-se – A hidratação é muito importante para o bom desempenho do atleta, que duas horas antes da prova deve tomar pelo menos meio litro de líquido. Depois da primeira hora correndo, o maratonista tem necessidade de reposição de alguns elementos relevantes para evitar o colapso no final da corrida. Durante o trajeto é necessário hidratar-se o tempo todo, mas sem exagero. Muito líquido também faz mal.
  • Refeições leves – É recomendável que o atleta faça refeições mais leves antes da prova. Nada de arroz, feijão, carne e macarrão. O ideal é um lanchinho natural equilibrado com bastante proteína. Durante a corrida, é importante o consumo na faixa de 30g a 60g de carboidrato por hora – após a primeira hora – para não perder energia e ficar para trás. Mas fique de olho nas concentrações adequadas do nutriente – seguindo a orientação do seu médico ou nutricionista – que variam de acordo com cada organismo.
  • Roupa adequada – O tênis confortável é um dos pontos mais importantes para uma corrida ou treino bem-sucedidos. De preferência, aquele que o atleta já usa há um tempo. Tênis novo não é recomendado para trechos longos porque pode machucar o pé, incomodar e atrapalhar o desempenho durante a prova. A roupa leve e adequada também é fundamental para que o corpo transpire e o corredor tenha um bom rendimento.

 

Fotos: Reprodução

PUBLICIDADE