PUBLICIDADE

sa√ļde

Conheça os sintomas que podem indicar doenças na área íntima masculina

A regi√£o genital masculina merece muitos cuidados para se manter saud√°vel. Entre eles, o uso do preservativo e a ado√ß√£o de h√°bitos de vida saud√°veis sem d√ļvida s√£o as atitudes mais importantes de quem quer se cuidar. “A primeira dica √© caprichar na higiene e ficar atento a qualquer sinal que possa indicar um problema”, afirma o urologista Valter Javaroni, chefe do departamento de andrologia da Sociedade Brasileira de Urologia – regional Rio de Janeiro. Infec√ß√Ķes do p√™nis e at√© mesmo DSTs s√£o sinais muito precoces de sua instala√ß√£o, basta voc√™ ficar atento aos sintomas:Odores desagrad√°veis

A primeira causa de cheiro ruim no p√™nis √© a “sujeira” que pode ter ficado escondida entre a glande e o prep√ļcio, a camada de pele que recobre a glande. “Nos homens n√£o circuncidados o prep√ļcio costuma abrigar germes dos mais diversos, requerendo, portanto, uma higiene √≠ntima mais cuidadosa”, diz o urologista Sylvio Quadros, chefe do Departamento de DST da Sociedade Brasileira de Urologia. Algumas doen√ßas podem tamb√©m causar odor desagrad√°vel: ulcera√ß√Ķes penianas causadas por DST, inflama√ß√Ķes por fungos ou bact√©rias e at√© c√Ęncer de p√™nis numa fase mais avan√ßada.

A limpeza do p√™nis no banho envolve puxar o prep√ļcio (pele que recobre a glande ou cabe√ßa do p√™nis) at√© o aparecimento total da glande, passar √°gua com espuma de sab√£o ou sabonete sobre a superf√≠cie da mucosa e/ou pele suavemente, at√© sair toda a camada de gordura acumulada. “A higiene na √°rea deve ser feita com √°gua e sabonete neutro (glicerina ou coco), evitando produtos que destruam as bact√©rias naturais e protetoras”, diz o urologista Valter Javaroni, chefe do departamento de andrologia da Sociedade Brasileira de Urologia – regional Rio de Janeiro. Ele ressalta que o sabonete √≠ntimo feminino n√£o deve nunca ser usado para a higiene do p√™nis, uma vez que ele foi feito para outro tipo de pele e √≥rg√£o. Segundo os especialistas, se o odor persistir mesmo ap√≥s a higiene adequada, o melhor √© procurar um m√©dico.

Ardência ao urinar

Independentemente do desconforto ser mais ou menos intenso, a ard√™ncia uretral pode ser sinal importante de inflama√ß√£o na uretra ou bexiga. Se a ard√™ncia estiver acompanhada de secre√ß√£o saindo pelo canal, pode indicar uretrite. “Significa que um germe ao qual voc√™ foi exposto se instalou na uretra”, afirma o urologista Valter. O especialista afirma que a forma mais comum de cont√°gio √© pelo sexo sem prote√ß√£o, sendo infec√ß√Ķes por clam√≠dia, ureaplasma e gonococo (causadora da gonorreia) as mais comuns. “Diante desses casos √© fundamental um diagn√≥stico preciso por meio de exames laboratoriais, a fim de buscar o tratamento pertinente”, completa o urologista Sylvio.

Manchas no pênis e bolsa escrotal

“Caso surjam manchas feridas no p√™nis ou na bolsa escrotal e elas persistam por mais de 48 horas ap√≥s a atividade sexual, procure um m√©dico”, declara o urologista Valter. O m√©dico ir√° analisar a les√£o e descobrir qual o poss√≠vel causador: v√≠rus, bact√©ria ou fungo. “Em alguns casos pode solicitar exames de sangue que auxiliam na confirma√ß√£o da suspeita de um agente causador”, explica. Os especialistas lembram que qualquer mancha deve ser investigada, uma vez que podem indicar desde DST at√© um pren√ļncio de c√Ęncer.P√™nis torto

H√° indiv√≠duos que apresentam p√™nis torto cong√™nito e, apesar de se tratar de uma variante anat√īmica, n√£o √© uma doen√ßa. “Entretanto, geralmente entre a quarta e sexta d√©cadas de vida, algumas pessoas podem experimentar esse problema em raz√£o da doen√ßa de Peyronie”, explica o urologista Sylvio. Segundo os especialistas, a doen√ßa afeta cerca de 5% dos homens e √© causada pelo ac√ļmulo de tecidos no revestimento dos corpos cavernosos – duas estruturas cil√≠ndricas que comp√Ķe o p√™nis. √Č importante ressaltar que a doen√ßa de Peyronie acontece quando o p√™nis come√ßa a entornar em algum ponto de sua extens√£o, ficando com formato de “L”. Dessa forma, pessoas cujo p√™nis como um todo √© mais voltado para um lado ou outro n√£o tem um problema – no geral, isso acontece porque o p√™nis se acostuma √† posi√ß√£o em que √© deixado dentro da cueca.

“O tratamento para doen√ßa de Peyronie at√© hoje √© inconsistente e n√£o h√° at√© ent√£o nenhuma droga que, de maneira segura, possa reverter o processo do encurvamento peniano”, explica Sylvio. Naqueles casos em que a angula√ß√£o do p√™nis n√£o permite a penetra√ß√£o, estaria indicado o tratamento cir√ļrgico. De qualquer forma, o urologista saber√° orient√°-lo para que essa situa√ß√£o afete minimamente sua vida sexual.

Odor e consistência do sêmen

O s√™men √© o produto da secre√ß√£o de diversas gl√Ęndulas, como pr√≥stata e ves√≠cula seminal. Os espermatozoides s√£o conduzidos e ao mesmo tempo alimentados pelo s√™men at√© chegar ao interior do √ļtero, propiciando excel√™ncia na concep√ß√£o. “Quando um germe adquirido por contato sexual prolifera na uretra e atinge pr√≥stata, ves√≠culas seminais ou o epid√≠dimo (√≥rg√£o vizinho aos test√≠culos) pode modificar o aspecto do s√™men tornando-o mais espesso, mal-cheiroso ou com sangue”, completa Valter Javaroni. O espermograma √© o exame que permite a an√°lise f√≠sica e bioqu√≠mica do s√™men, devendo ser realizado sempre que h√° modifica√ß√£o do aspecto normal deste, seja cor, consist√™ncia ou mesmo do cheiro caracter√≠stico.

Coceira

Na maioria das vezes a coceira se deve a infesta√ß√£o por diversos tipos de fungos ou protozo√°rios, uma vez que a genit√°lia √© um ambiente √ļmido, prop√≠cio √† prolifera√ß√£o desses micro-organismos. O mesmo conselho ajuda no caso dos odores e coceiras persistentes. Percebendo um cheiro desagrad√°vel seguido ou n√£o de coceira e que persistam mesmo com os cuidados de higiene, busque ajuda do medico. “O excesso de fungo pode ser o motivo, mas n√£o se automedique, para n√£o atrapalhar o diagn√≥stico”, explica o urologista Valter.Verrugas e feridas

Se um dia voc√™ perceber uma ferida ou verruga em seu p√™nis, sob qualquer circunst√Ęncia, procure um m√©dico. “As verrugas genitais, causadas na sua grande maioria pelo HPV, podem estar relacionadas com c√Ęncer genital, anal e tamb√©m de laringe, tanto nos homens quanto nas mulheres”, explica o urologista Sylvio. Da√≠ a necessidade de que sejam tratadas desde o inicio. Feridas podem ser um sinal de outras doen√ßas sexualmente transmiss√≠veis, principalmente se n√£o cicatrizarem. “Essas ocorr√™ncias devem ser diagnosticadas e tratadas com o mais r√°pido poss√≠vel”, diz o especialista. Al√©m disso, completa o urologista Valter, nesses casos √© extremamente contraindicado o uso de pomadas com corticoides, j√° que o produto pode estimular a multiplica√ß√£o do v√≠rus do HPV.

Tamanho do pênis

Muitas homens tem d√ļvidas se o tamanho do p√™nis √© normal. E a resposta provavelmente √© sim. “As doen√ßas no p√™nis no geral n√£o se relacionam com as suas dimens√Ķes”, afirma o urologista Sylvio. Ele ser mais ou menos extenso, com um di√Ęmetro maior ou menor, de nada interfere na sa√ļde. “Por√©m, pode acontecer de o p√™nis come√ßar a diminuir progressivamente, indicando algum de tipo de les√£o nas suas estruturas, o que deve ser investigado clinicamente.” Nessa linha, √© importante lembrar que incha√ßos na regi√£o tamb√©m merecem aten√ß√£o.

Função sexual

O principal sinal de comprometimento das fun√ß√Ķes sexuais √© a insatisfa√ß√£o com o pr√≥prio desempenho. Isso se deve, segundo Sylvio Quadros, fundamentalmente a quatro situa√ß√Ķes: diminui√ß√£o importante ou aus√™ncia completa do interesse pelo sexo; incapacidade do p√™nis de se tornar suficientemente ereto para a penetra√ß√£o; o p√™nis consegue ere√ß√£o plena, por√©m a perde durante o ato sexual, mesmo antes de chegar ao orgasmo; a ere√ß√£o √© satisfat√≥ria mas o orgasmo acontece fora do controle, antes da vontade manifesta da pessoa. Em qualquer um desses cen√°rios, a investiga√ß√£o cl√≠nica se torna fundamental para a resolu√ß√£o do problema. N√£o custa lembrar que os fatores de risco para altera√ß√Ķes da fun√ß√£o sexual s√£o press√£o alta, diabetes, colesterol alto, obesidade, sedentarismo, tabagismo, depress√£o, entre outros. “Mesmo com os avan√ßos da medicina moderna, o melhor tratamento continua sendo a preven√ß√£o”, diz o urologista Valter. Converse com um medico e siga corretamente as orienta√ß√Ķes – afinal, quem se cuida pode manter-se sexualmente ativo por toda a vida.

 

Fotos: Reprodução

Fonte: Minha Vida

PUBLICIDADE