PUBLICIDADE

saúde

Como não perder o ritmo de treinos nas férias?

É natural que nesta época de férias as pessoas quebrem a rotina da atividade física por não ter nos destinos de viagens estrutura e ambiente para dar continuidade aos exercícios mais simples, como caminhada, corrida, esteira e até mesmo atividades como hidroginástica ou natação, já que muitos hotéis contam com amplas piscinas e programações interativas para que os hóspedes não fiquem parados.

De acordo com Marcelo Santana, educador físico e coordenador da Planet Sport, academia com 20 anos de atividades, cada vez mais os hotéis e resorts estão preocupados em atender as necessidades dos clientes e acompanhar mercado. “Hoje todos se preocupam muito com saúde e estética e não querem jogar fora a oportunidade de manter o corpo mesmo nas férias, por mais difícil que seja”, comenta o educador, que acredita ser possível não ficar sedentário durante os dias de férias.

O profissional comenta que muitas pessoas deixam de fazer a caminhada durante a semana por conta da correria do dia a dia e só praticam musculação ou alguma aula de ginástica, deixando de lado a caminhada e corrida. Santana conta que especialmente nas férias as pessoas podem incluir a caminhada (1h para quem está adaptado e 30 a 45 minutos para quem não está acostumado) e corrida na programação de lazer, além de aproveitar a piscina para completar o treino de férias. “A piscina oferece opções de exercícios completos, que envolvem grandes grupos musculares e com expressivo gasto calórico”, conta Santana.

Segundo o educador físico, se a pessoa seguir as dicas acima, já garante, mesmo nas férias, a manutenção de uma rotina de atividades preservando gasto calórico.  Mas e se o hotel não oferecer muito recurso e estrutura com aparelhos para praticar atividades? Isso não é um problema e nem desculpa para ficar longe dos exercícios. Marcelo Santana orienta que as pessoas usem alternativas e façam exercícios para cada grupo muscular, por exemplo:

  • Para o peito: Flexão ou Supino
  • Para as costas: Barra fixa, Pulley ou Remada
  • Para pernas: Agachamento livre com halteres mesmo com barra ou passadas
  • Para bíceps e tríceps: usar halteres

Ou seja, o importante é sempre manter a ativação muscular. Obviamente que a estrutura que as pessoas têm quando estão de férias e longe da academia é diferente e foge muito da rotina de treino, mas a ideia é não perder totalmente o condicionamento. “Ficar 20 dias sem treino para quem é adepto da atividade física compromete bastante. Neste caso vale incluir uma atividade diária nas férias”, orienta o especialista. A sugestão é alternar, dia sim e dia não, a caminhada e corrida com o trabalho de musculação incluindo exercícios para cada grupo muscular, que é uma excelente ideia e ajuda a se manter ativo e preservar a saúde e condicionamento físico nas férias.

Foto: Reprodução