PUBLICIDADE

mundo

UE exclui Brasil, EUA e R√ļssia de lista para reabertura de fronteiras

As nego¬≠ci¬≠a√ß√Ķes ain¬≠da est√£o em cur¬≠so e a lista deve ser con¬≠clu√≠¬≠da na noite deste s√°ba¬≠do (27). Mas segun¬≠do fontes diplom√°ti¬≠cas, ela con¬≠t√©m ape¬≠nas 14 pa√≠s¬≠es e os vis¬≠i¬≠tantes de ter¬≠rit√≥rios onde a epi¬≠demia do novo coro¬≠n¬≠av√≠rus √© ain¬≠da ati¬≠va, como Brasil, Esta¬≠dos Unidos e R√ļs¬≠sia, ser√£o bar¬≠ra¬≠dos a par¬≠tir de 1¬į de jul¬≠ho quan¬≠do as fron¬≠teiras exter¬≠nas da Uni√£o Europeia (UE) ser√£o reaber¬≠tas.

A lista de pa√≠s¬≠es con¬≠sid¬≠er¬≠a¬≠dos sufi¬≠cien¬≠te¬≠mente seguros para que seus cidad√£os pos¬≠sam entrar na Europa foi elab¬≠o¬≠ra¬≠da em uma reuni√£o dos embaix¬≠adores dos 27 inte¬≠grantes da UE e do espa√ßo Schen¬≠gen (Isl√Ęn¬≠dia, Liecht¬≠en¬≠stein, Norue¬≠ga e Su√≠√ßa) na noite dessa sex¬≠ta-feira (26). O obje¬≠ti¬≠vo √© reati¬≠var o tur¬≠is¬≠mo da regi√£o, forte¬≠mente afe¬≠ta¬≠do com o fechamen¬≠to das fron¬≠teiras exter¬≠nas em 16 de mar√ßo e o in√≠¬≠cio da quar¬≠ente¬≠na na maio¬≠r¬≠ia dos inte¬≠grantes do blo¬≠co, mas com segu¬≠ran√ßa.

O Uruguai seria o √ļni¬≠co lati¬≠no-amer¬≠i¬≠cano autor¬≠iza¬≠do. Ele inte¬≠gra a lista ao lado de Arg√©lia, Aus¬≠tr√°lia, Canad√°, Ge√≥r¬≠gia, Jap√£o, Mon¬≠tene¬≠gro, Mar¬≠ro¬≠cos, Nova Zel√Ęn¬≠dia, Ruan¬≠da, S√©rvia, Cor¬≠eia do Sul, Tail√Ęn¬≠dia, Tun√≠sia. Os cidad√£os dos Esta¬≠dos-cidades ou enclaves europeus de Andor¬≠ra, M√īna¬≠co, Vat¬≠i¬≠cano e San Mari¬≠no tam¬≠b√©m poder√£o entrar na UE. Os chi¬≠ne¬≠ses n√£o foram bar¬≠ra¬≠dos, mas depen¬≠dem de rec¬≠i¬≠pro¬≠ci¬≠dade, isto √©, os tur¬≠is¬≠tas chi¬≠ne¬≠ses pode¬≠ri¬≠am via¬≠jar √† Europa somente se Pequim aceitar rece¬≠ber em seu solo vis¬≠i¬≠tantes europeus.

A lista n√£o √© com¬≠pul¬≠s√≥ria. Cada inte¬≠grante do blo¬≠co √© sober¬≠a¬≠no no con¬≠t¬≠role de suas fron¬≠teiras, mas a Uni√£o Europeia ten¬≠ta impor uma coor¬≠de¬≠na√ß√£o para evi¬≠tar uma segun¬≠da onda de con¬≠t¬≠a¬≠m¬≠i¬≠na√ß√Ķes no con¬≠ti¬≠nente. A epi¬≠demia est√° sob con¬≠tro¬≠la na maio¬≠r¬≠ia dos inte¬≠grantes do blo¬≠co que relaxa pro¬≠gres¬≠si¬≠va¬≠mente as medi¬≠das de quar¬≠ente¬≠na e reabriu suas fron¬≠teiras inter¬≠nas em 15 de jun¬≠ho.

Por isso, os pa√≠s¬≠es onde a pan¬≠demia ain¬≠da n√£o est√° con¬≠tro¬≠la¬≠da ficaram de fora. Os Esta¬≠dos Unidos s√£o os mais atingi¬≠dos, tan¬≠to em n√ļmero de con¬≠t¬≠a¬≠m¬≠i¬≠na√ß√Ķes, mais de 2,4 mil¬≠h√Ķes de casos, quan¬≠to de mor¬≠tos com 124.732 √≥bitos. O Brasil √© o mais afe¬≠ta¬≠do da Am√©ri¬≠ca Lati¬≠na, com 1,27 mil¬≠h√£o de con¬≠t¬≠a¬≠m¬≠i¬≠na¬≠dos e mais de 56 mil mor¬≠tos. R√ļs¬≠sia que tem quase 630 mil infec¬≠ta¬≠dos e 8.969 v√≠ti¬≠mas fatais, e out¬≠ros pa√≠s¬≠es onda a pan¬≠demia tam¬≠b√©m avan√ßa, como a √ćndia, tam¬≠b√©m ficaram de fora.

Lista revisa­da com fre­quên­cia

A lista será revisa­da a cada duas sem­anas. Se a situ­ação san­itária ness­es país­es mel­ho­rar, seus cidadãos poderão ser autor­iza­dos a entrar na Europa.

Alguns pa√≠s¬≠es que depen¬≠dem do tur¬≠is¬≠mo e pre¬≠cisam do setor para se reer¬≠guer est√£o com pres¬≠sa em rece¬≠ber de vol¬≠ta os estrangeiros. A Gr√©¬≠cia come√ßou des¬≠de 15 de jun¬≠ho a reabrir seus aero¬≠por¬≠tos a v√°rios pa√≠s¬≠es de fora da UE, como a Chi¬≠na, a Nova Zel√Ęn¬≠dia e a Cor¬≠eia do Sul. A Espan¬≠ha pede a pub¬≠li¬≠ca√ß√£o da lista o mais r√°pi¬≠do pos¬≠s√≠v¬≠el. Os pa√≠s¬≠es europeus t√™m at√© √†s 18h deste s√°ba¬≠do (13h em Bras√≠lia) para comu¬≠nicar sua decis√£o √† Brux¬≠e¬≠las, se aceitam a lista ou prop√Ķem a inclus√£o de out¬≠ras na√ß√Ķes.

A pro¬≠pos¬≠ta europeia fixa v√°rios crit√©rios epi¬≠demi¬≠ol√≥gi¬≠cos para que um pa√≠s seja inclu√≠¬≠do. Entre eles, a taxa de novos casos que deve ser igual ou infe¬≠ri¬≠or a 16 para cada grupo de 100.00 habi¬≠tantes, que √© a taxa m√©dia do blo¬≠co, nos √ļlti¬≠mos 14 dias; uma tend√™n¬≠cia de que¬≠da nas con¬≠t¬≠a¬≠m¬≠i¬≠na√ß√Ķes e as medi¬≠das ado¬≠tadas para lutar con¬≠tra a pan¬≠demia.

No entan¬≠to, alguns pa√≠s¬≠es europeus descon¬≠fi¬≠am dos dados epi¬≠demi¬≠ol√≥gi¬≠cos forneci¬≠dos por alguns Esta¬≠dos, como a Chi¬≠na. Essa descon¬≠fi¬≠an√ßa pode com¬≠plicar as dis¬≠cuss√Ķes e atrasar a autor¬≠iza¬≠√ß√£o para a entra¬≠da de vis¬≠i¬≠tantes de algu¬≠mas nacional¬≠i¬≠dades na Europa.

Fonte: RFI

PUBLICIDADE