EmpreendedorismoLegislação

Tempo de abertura de empresas cai no Brasil

 - REVISTA MAISJR

O tempo médio de abertura de empresas no Brasil teve uma redução de oito para cinco dias no comparativo dos últimos trimestres de 2017 e 2018. A informação foi divulgada pela Receita Federal (RC). Segundo o órgão, o volume de empresas abertas em até três dias aumentou em 20%, praticamente metade das inscrições de pessoas jurídicas, e o número das que levavam    mais de uma semana para serem registradas caiu 30%.

De acordo com a Receita, o processo de registro e de legalização de pessoas jurídicas tem apresentado melhorias significativas em 2018, em virtude das ações da Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (REDESIM), que integra 3.000 municípios, abrangendo cerca de 85% das pessoas jurídicas ativas do País.

A Receita destaca o novo Portal da Redesim. No ar desde julho de 2018, o site já teve mais de oito milhões de acessos e está se tornando a janela única dos órgãos partícipes para a interação com o cidadão empreendedor. A nova versão da Área do Usuário, implantada no dia 10 de dezembro, recebeu, nos primeiros quatro dias, mais de 350 mil acessos e 65 mil novos cadastros.

Outra novidade do portal é o lançamento de um serviço inédito que permite a consulta ao Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ), tendo como base o nome empresarial ou o nome de fantasia. Antes só era possível pesquisar com o número do CNPJ

O site, também, disponibiliza o primeiro painel estatístico da REDESIM. Por meio dele, é possível saber quantas pessoas jurídicas há em seu estado ou em seu município. Novos painéis já estão em construção. Em breve, dados sobre abertura de empresas e atividades econômicas estarão disponíveis.

saiba antes via instagram @maisinfluenterevista