2.0 // dossiê2.4 // política

Temer descarta possível negócio da Embraer com a Boeing

O presidente Michel Temer (MDB) descartou uma possível venda da Embraer para a Boeing, com cessão do controle da estatal para a empresa norte-americana. “O controle continua com o poder público (…) perda do controle nem pela via direta nem pela via indireta”. A declaração foi feita durante uma entrevista ao jornal Valor Econômico, publicada nesta 2ª feira (29.jan.2018).

“A Embraer tem uma simbologia muito grande para o país, mais ou menos como a Petrobras”, disse Temer, assegurando que o controle da empresa continuará com o poder público federal. Porém, ele não descarta que uma parceria entre a Embraer e a Boeing possa ser realizada no futuro. “O tema será debatido”,afirmou.

Temer também falou sobre a privatização da Eletrobras. “Nós vamos explicar direitinho [a privatização para os congressistas] e certamente vamos ter não só a compreensão, mas o apoio, inclusive dos governadores. Há clima para aprovar isso”.

Quando questionado sobre a possível não aprovação da reforma da Previdência no Congresso Nacional, o emedebista afirmou que o governo continuará insistindo na votação em fevereiro. “O risco de não fazer nada é de, mais adiante, ter que fazer uma reforma radical, cortar pensões, ganhos de aposentados, dos servidores públicos. O que não é uma coisa irreal, já aconteceu em vários países”.

 - REVISTA MAISJR

Fonte: Poder 360

saiba antes via instagram @maisinfluenterevista