sexo

Sem você perceber, seu corpo é quem escolhe o parceiro sexual ideal

Quem nunca sentiu aquele desejo avassalador por outra pessoa? Um estudo publicado pela revista científica Nature concluiu que isso pode estar relacionado com o antígeno leucocitário (HLA – sigla em inglês), que está presente em nosso sistema imunológico.

Mesmo sem saber, nós procuramos por parceiros que tem HLA diferente do nosso. O HLA nada mais é do que um sistema que permite nosso corpo identificar células perigosas, vírus e bactérias. Ou seja, é a base sobre a qual o organismo humano desenvolve seu sistema de defesa.

Pesquisadores da Universidade de Dresden, na Alemanha, após analisarem o comportamento sexual de 254 casais, afirmam que ele está relacionado à sexualidade e ao desejo de procriar. Eles descobriram que quanto maior a diferença entre o HLA de um casal, maior o desejo e também a satisfação sexual. Isso, segundo eles, estaria relacionado com a sobrevivência da espécie humana.E como nosso instinto sexual diferencia um HLA?

O desejo sexual não precisa ser testado em laboratório para ser detectado. Nosso corpo compreende de antemão o que nosso nariz sente.

“Os peixes, as aves e os mamíferos preferem parceiros com um código genético distinto, identificados por sinais olfativos”, afirma o estudo. Mesmo que os cientistas continuem discutindo como o HLA define o cheiro do nosso corpo, existem provas de que certos componentes do odor podem ser encontrados no suor e na saliva.

O estudo não menospreza a capacidade humana de domar o próprio instinto sexual, mas identifica a importância do sistema imunológico no nosso comportamento sexual. E mostra uma explicação científica para enfatizar a popular ideia de que os opostos realmente se atraem.

Foto: Reprodução

saiba antes via instagram @maisinfluenterevista