PUBLICIDADE

tecnologia

Saiba como n√£o cair no golpe do WhatsApp

Se tornou comum ver¬≠mos atual¬≠mente algum con¬≠heci¬≠do, ami¬≠go ou par¬≠ente anun¬≠cian¬≠do que teve o seu n√ļmero do What¬≠sApp clon¬≠a¬≠do. Ago¬≠ra, os golpis¬≠tas est√£o con¬≠seguin¬≠do roubar os n√ļmeros dos usu√°rios com uma pro¬≠pos¬≠ta que pode pare¬≠cer irrecus√°v¬≠el.

Já pen­sou rece­ber uma lig­ação da orga­ni­za­ção de uma fes­ta te ofer­e­cen­do ingres­sos gra­tu­itos em nome de um famoso, como Zeca Camar­go ou Pre­ta Gil? A ideia pode até soar atraente, mas é golpe!

De acor¬≠do com espe¬≠cial¬≠is¬≠tas da Kasper¬≠sky, empre¬≠sa glob¬≠al de ciberse¬≠gu¬≠ran√ßa, este √© o mais novo golpe que visa roubar o What¬≠sApp da v√≠ti¬≠ma e ele tem se tor¬≠na¬≠do muito pop¬≠u¬≠lar nos √ļlti¬≠mos meses. Fun¬≠ciona da seguinte maneira: o supos¬≠to orga¬≠ni¬≠zador de um even¬≠to VIP liga para a v√≠ti¬≠ma dizen¬≠do que ela tem ingres¬≠sos gr√°tis para uma fes¬≠ta, um show ‚ÄĒ √© sem¬≠pre algo muito atraente! O golpista, ent√£o, diz que envi¬≠ou um c√≥di¬≠go por SMS para v√≠ti¬≠ma e solici¬≠ta que ela con¬≠firme os seis n√ļmeros rece¬≠bidos. O que a v√≠ti¬≠ma n√£o percebe √© que, na ver¬≠dade, eles s√£o o c√≥di¬≠go de ver¬≠i¬≠fi¬≠ca√ß√£o de sua con¬≠ta no What¬≠sApp. Caso a v√≠ti¬≠ma passe esta infor¬≠ma√ß√£o, o crim¬≠i¬≠noso con¬≠seguir√° roubar o What¬≠sApp e ter√° aces¬≠so √†s infor¬≠ma√ß√Ķes ali dispon√≠veis.

Com aces¬≠so √† con¬≠ta, o golpista poder√° se pas¬≠sar pela v√≠ti¬≠ma e pedir din¬≠heiro aos seus con¬≠heci¬≠dos. E a evolu√ß√£o do golpe tam¬≠b√©m trouxe mudan√ßas neste pon¬≠to! Para per¬≠manecer mais tem¬≠po com a con¬≠ta, os crim¬≠i¬≠nosos est√£o crian¬≠do a dupla aut¬≠en¬≠ti¬≠ca√ß√£o no What¬≠sApp nas con¬≠tas das v√≠ti¬≠mas que n√£o o tin¬≠ham con¬≠fig¬≠u¬≠ra¬≠do, o que impede que seu ver¬≠dadeiro dono pos¬≠sa recu¬≠per¬≠ar sua con¬≠ta.

‚ÄúA aut¬≠en¬≠ti¬≠ca√ß√£o em duas eta¬≠pas sem¬≠pre foi a √ļni¬≠ca maneira de evi¬≠tar o roubo do What¬≠sApp e ago¬≠ra ela est√° sendo usa¬≠da mali¬≠ciosa¬≠mente. Isso s√≥ refor√ßa a neces¬≠si¬≠dade das pes¬≠soas enten¬≠derem a real import√Ęn¬≠cia da segu¬≠ran√ßa de seus dados. A app √© usa¬≠do ampla¬≠mente em nos¬≠sas vidas pes¬≠soais e tam¬≠b√©m √© uma fer¬≠ra¬≠men¬≠ta essen¬≠cial para diver¬≠sos tra¬≠bal¬≠hos. Imag¬≠ine ficar sem aces¬≠so a ele por dias ou algu¬≠mas sem¬≠anas? Esper¬≠amos que isso seja o sufi¬≠ciente para con¬≠vencer a todos a con¬≠fig¬≠u¬≠rarem a dupla aut¬≠en¬≠ti¬≠ca√ß√£o pre¬≠ven¬≠ti¬≠va¬≠mente‚ÄĚ, desta¬≠ca Fabio Assoli¬≠ni, pesquisador s√™nior de segu¬≠ran√ßa da Kasper¬≠sky no Brasil.

Tam¬≠b√©m foi ver¬≠i¬≠fi¬≠ca¬≠do alguns casos em que con¬≠tas roubadas foram usadas para roubar o What¬≠sApp dos con¬≠tatos da v√≠ti¬≠ma. Essa pr√°ti¬≠ca n√£o est√° t√£o dis¬≠sem¬≠i¬≠na¬≠da quan¬≠to a des¬≠cul¬≠pa para a fes¬≠ta VIP, pois exige que o crim¬≠i¬≠noso crie a engen¬≠haria social per¬≠son¬≠al¬≠iza¬≠da, baseadas no hist√≥ri¬≠co de men¬≠sagens com as pos¬≠s√≠veis v√≠ti¬≠mas. Mas a din√Ęmi¬≠ca √© a mes¬≠ma.

Para evi¬≠tar este golpe, a Kasper¬≠sky lis¬≠tou algu¬≠mas dicas para se pro¬≠te¬≠ger:

  • A dupla aut¬≠en¬≠ti¬≠ca√ß√£o √© um c√≥di¬≠go de seis d√≠gi¬≠tos que o pro¬≠pri¬≠et√°rio do What¬≠sApp cria e que ser√° solic¬≠i¬≠ta¬≠do sem¬≠pre que ele insta¬≠lar o app em um novo dis¬≠pos¬≠i¬≠ti¬≠vo. Para cria-lo, siga os pas¬≠sos a seguir:
  • V√° ao menu ‚Äúcon¬≠fig¬≠u¬≠ra√ß√Ķes‚ÄĚ no can¬≠to supe¬≠ri¬≠or dire¬≠ito
  • Entre na op√ß√£o ‚ÄúCon¬≠fig¬≠u¬≠ra√ß√Ķes‚ÄĚ
  • Em segui¬≠da clique em ‚ÄúCon¬≠ta‚ÄĚ
  • Sele¬≠cione ‚ÄúCon¬≠fir¬≠ma√ß√£o em duas eta¬≠pas
  • Crie um c√≥di¬≠go de seis d√≠gi¬≠tos que ser√° sua dupla aut¬≠en¬≠ti¬≠ca√ß√£o.

Solicite que seu n√ļmero seja reti¬≠ra¬≠do das lis¬≠tas de IDs de aplica¬≠tivos que iden¬≠ti¬≠fi¬≠cam chamadas; eles podem ser usa¬≠dos por golpis¬≠tas para encon¬≠trar seu n√ļmero a par¬≠tir do seu nome.

  • Quan¬≠do pos¬≠s√≠v¬≠el, os usu√°rios devem evi¬≠tar usar a aut¬≠en¬≠ti¬≠ca√ß√£o de dois fatores via SMS, optan¬≠do por m√©to¬≠dos mais seguros como a ger¬≠a√ß√£o de uma aut¬≠en¬≠ti¬≠ca√ß√£o √ļni¬≠ca (OTP) via app (como o Google Authen¬≠ti¬≠ca¬≠tor) ou o uso de um token f√≠si¬≠co.
PUBLICIDADE