6.1 // denise prado

Paizãooo!

Não dá para fugir do assunto da semana onde a estrela maior é o PAI.

Quando fui para o Japão, perguntei a Miki, uma japonesinha linda que ficava prá cima e pra baixo com a gente, do que mais eles tinham medo e para a minha surpresa ela respondeu: do pai. Eu fiquei ali olhando pra ela e tentando entender  porque a figura paterna causava medo. Insisti um pouco e ela só respondia que era assim, que o pai representava a autoridade máxima e depois dos maremotos e terremotos, era o pai, quem mais eles temiam, era assim comparado a esses eventos.

Tenho a sorte de ter um paizão, que mesmo sendo muito autoritário, sempre nos dedicou seu tempo, sempre esteve presente em nossa infância, adolescência e agora com todos os filhos criados, avô e com seis bisnetos, continua firme e forte dando o seu melhor, sendo o nosso porto seguro em todos os momentos que precisamos, incentivando cada um de nós a seguir em frente em nossas escolhas.

Conheci durante o Festival de Viola Caipira em Presidente Prudente, alguns pais e dentre eles o Murilo Sá que fará 50 anos em 20 de agosto próximo. Murilo me contou sobre a sua viagem com o filho, onde viveu momentos especiais, pois se deixou levar pelo filho, se conduzir sem questionar. Não era uma viagem de pai e filho era uma viagem de filho e pai. “Já havia feito umas três viagens com ele, mas não desse tamanho, 22 dias de carro, viajamos a nova Zelândia inteira e depois fomos para a Austrália, ele é um moleque sensacional.” Vitor tem 25 anos e nessa viagem foi ele quem conduziu o Murilo, foi ele quem traçou o roteiro e inspirou o pai a viver aventuras incríveis. “Escolhemos essa viagem porque ele gosta de Snowboard e fomos lá para a Nova Zelândia para ele poder descer as montanhas. O que eu vivi com ele nesses 22 dias de experiência, de emoção, de tudo o que eu ainda não entendia dele, o que eu conheci dele e aprendi com ele, não tem dinheiro que pague.”

Além do Murilo, conheci os pais que andam com suas crianças pelos Festivais Infantis de música sertaneja, investindo no sonho de seus filhos talentosos, fazendo o papel de empresário/pai. Vi em cada olhar ali enquanto as crianças aguardavam o resultado do festival, a esperança, a ansiedade pela colocação e depois a comemoração pela conquista.  Pai que acredita que incentiva que ri e chora junto. Foi lindo.

São muitos pais por aí tentando se encaixar nessa nova era, onde as crianças estão ensinando, se posicionando mais, questionando tudo e onde o dialogo será o fio condutor para um entendimento cada vez maior entre Pai e filho/a. Mas deve-se realmente prestar atenção no tempo, pois a vida tem sido corrida demais e por isso mesmo a distância muitas vezes é inevitável. Hoje a rede social faz o papel da presença e isso é perigoso, pois nada substituí o abraço, a atenção que a criança precisa do olho no olho, na mão dada para caminhar.

Empresas como a Agencia Tudo, onde meu filho trabalha, celebrou o Dia do Pai convidando  colaboradores a levarem seus filhos para passar o dia na Agencia. Com atividades integradas,  as crianças puderam cantar, fazer pizza e principalmente passar o dia com o papai no trabalho. Essa atitude promove uma total interação entre as crianças e seus pais, mostrando que existe sim uma preocupação com o humano, que a empresa entende a importância da família, do bem estar na vida pessoal para que o profissional se mantenha equilibrado.  Lembro-me que quando era criança adorava passar o dia no trabalho do meu pai. Fui muitas vezes, até porque, ele trabalhava em um lugar que tinha muita área verde e eu ficava brincando no gramado, correndo pelos corredores e adorava aquela sensação de pertencer ao lugar onde meu pai passava a maior parte do tempo.

Não importa o tempo que se dedica ao filho, o que importa é que no tempo que você está com ele que fique inteiro, que se desprenda do celular, que ouça a história que ele tem para te contar, que faça atividades outdoor, que mostre a beleza da natureza, que faça com que seu filho/a faça parte da sua vida de verdade e que você Pai seja o Mais Influente companheiro e inspirador amigo de seu filho.

saiba antes via instagram @maisinfluenterevista