2.0 // dossiêmundo

Mais um? Irlanda expulsa diplomata russo após envenenamento de ex-espião

A Irlanda anunciou nesta terça-feira (27) a expulsão de um diplomata russo em retaliação contra o envenenamento de um ex-espião russo na Inglaterra.

Na segunda-feira (26), os Estados Unidos, o Canadá e vários países europeus determinaram a saída de mais de 100 russos de seus territórios em solidariedade com o Reino Unido. Para os britânicos, Moscou foi responsável pelo ataque, mas a Rússia nega.

O ministro de Relações Exteriores da Irlanda, Simon Coveney, disse nesta terça que o ataque com um agente nervoso contra Sergei Skripal e sua filha Yulia caracteriza um uso “chocante e repugnante” de armas químicas.

Coveney disse ainda que o embaixador da Rússia em Dublin já foi notificado que um diplomata de sua embaixada deve deixar a Irlanda.

Reação em Cadeia

Os Estados Unidos, países da União Europeia e outras nações anunciaram que devem expulsar um total de mais de 130 diplomatas e funcionários diplomáticos da Rússia. Veja as medidas tomadas por cada país em relação à Rússia.

  • Estados Unidos – anuncioaram a expulsão de 60 russos, inclusive 12 oficiais de inteligência que integravam a missão da Rússia nas Nações Unidas. Consulado da Rússia em Seattle deve ser fechado.
  • Canadá – vai expulsar quatro russos que supostamente trabalharam como espiões da Rússia e, com privilégios diplomáticos, interferiram em assuntos domésticos. Também vai negar três postulações de funcionários russos.
  • Ucrânia – vai expulsar 13 diplomatas.
  • Noruega – vai expulsar um diplomata.
  • Albânia – vai expulsar dois diplomatas.
  • Austrália – vai expulsar dois diplomatas.
  • França – vai expulsar quatro diplomatas.
  • Alemanha – vai expulsar quatro diplomatas.
  • Polônia – vai expulsar quatro diplomatas.
  • Lituânia – vai expulsar três diplomatas.
  • República Tcheca – vai expulsar três diplomatas.
  • Itália – vai expulsar dois diplomatas.
  • Espanha – vai expulsar dois diplomatas.
  • Holanda – vai expulsar dois diplomatas.
  • Hungria – vai expulsar um diplomata.
  • Dinamarca – vai expulsar dois diplomatas.
  • Suécia – vai expulsar um diplomata.
  • Letônia – vai expulsar um diplomata.
  • Estônia – vai expulsar um diplomata.
  • Finlândia – vai expulsar um diplomata.
  • Romênia – vai expulsar um diplomata.
  • Croácia – vai expulsar um diplomata.

Envenenamento

Sergei Skripal, de 66 anos, e sua filha Yulia, de 33 anos, foram contaminados por um agente nervoso na cidade britânica de Salisbury, em 4 de março. Eles foram encontrados inconscientes em um banco da catedral da cidade e foram levados ao hospital, onde estão internados em estado crítico. O caso está sendo tratado como tentativa de homicídio.

Skripal traiu dezenas de agentes russos para a inteligência britânica antes de ser preso, em Moscou, em 2004. Ele foi sentenciado a 13 anos de prisão, em 2006, e em 2010 recebeu refúgio do Reino Unido, após ser trocado por espiões russos.

Fonte: G1

saiba antes via instagram @maisinfluenterevista