economiaInvestimentos

Investimentos registram alta de 0,4% em fevereiro

 

 - REVISTA MAISJR

(Crédito: Pixabay)

 

Os investimentos avançaram 0,4% em fevereiro deste ano, na comparação com janeiro. É o que mostra o Indicador Ipea de Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) divulgado hoje (4), pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Em relação a fevereiro de 2018, o aumento foi mais expressivo: 10,1%. Com isso, o crescimento acumulado em 12 meses chegou a 5,2%.

Entre os três componentes do FBCF, o consumo aparente de máquinas e equipamentos (Came) – cuja estimativa corresponde à sua produção doméstica líquida das exportações acrescida das importações – apresentou crescimento de 2,9% em fevereiro, frente a janeiro, sendo o responsável pelo bom desempenho do indicador no período.

Entre os componentes do Came, a produção interna de bens de capital líquida de exportações cresceu 43,5%, enquanto a importação de bens de capital retraiu 47,1% na margem. De acordo com o pesquisador Leonardo Mello de Carvalho, parte da volatilidade observada em fevereiro pode ser explicada pelos efeitos das operações de comércio exterior envolvendo plataformas de petróleo ocorridas no mês anterior, que provocaram fortes oscilações nas exportações e importações de máquinas e equipamentos.

A construção civil, segundo componente, fechou fevereiro deste ano com recuo de 1,2% ante janeiro. O terceiro componente da FBCF, classificado como outros ativos fixos, também apresentou queda (0,6%) no período.

Na comparação com o mesmo período do ano anterior, o desempenho voltou a ser heterogêneo. Enquanto o Came cresceu 17,5% ante fevereiro de 2018, após avanço de 14% no mês anterior, a construção civil registrou variação negativa de 0,8%. Por fim, o componente outros cresceu 3,7% em relação a fevereiro de 2018

saiba antes via instagram @maisinfluenterevista