mundo

Grupo de Lima acata pedido de Juan Guaidó

 - REVISTA MAISJR

(Crédito: Reuters) 

O Grupo de Lima, formado pelos governos da Argentina, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Honduras, Panamá, Paraguai e  Peru, acatou   o pedido de Juan Guaidó – presidente encarregado da República Bolivariana da Venezuela – de incorporar o governo legítimo da Venezuela ao grupo.

De acordo com o  grupo,  toda iniciativa política ou diplomática adotada terá como objetivo apoiar o mapa do caminho constitucional apresentado pela Assembleia Nacional e pelo presidente encarregado, Juan Guaidó, na busca de uma transição pacífica entre os venezuelanos, que logre a saída do regime ditatorial de Maduro e permita a convocação de eleições e o restabelecimento da democracia na Venezuela.

Os países participantes condenam as persistentes violações de direitos humanos cometidas na Venezuela, e contestam os atos de violência e repressão das manifestações populares por parte das forças de segurança que causaram numerosas mortes, feridos e detenções.

O grupo a importância de se aplicar efetivamente a Resolução do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas, aprovada em 27 de setembro de 2018, “Promoção e Proteção dos Direitos Humanos na República Bolivariana Venezuela”.

saiba antes via instagram @maisinfluenterevista