3.8 // esporte

Gabriel Jesus passará por cirurgia e só deve retornar aos gramados em maio

O dia de ontem não foi dos mais felizes para Gabriel Jesus. Jogando contra o Bournemouth pelo Campeonato Inglês, o brasileiro acabou não participando da vitória do seu time, o Manchester City, por 2 a 0.

Em um lance isolado logo aos 14 minutos do primeiro tempo, o atacante pisou de forma errada no gramado, tirou a chuteira e recebeu atendimento médico. Ele chegou a voltar a campo para tentar continuar, mas, por precaução, o técnico Pep Guardiola preferiu tirá-lo de campo. Em entrevista após o jogo, o Guardiola disse que iria rezar pelo atacante.

E o que parecia ser apenas uma pequena lesão acabou se transformando em um grande problema para o jogador, para o clube e para a seleção brasileira. O jogador teve uma fratura no quinto metatarso do pé direito confirmada, passará por cirurgia e só deverá voltar aos gramados em maio.

A lesão interrompe o começo animador do atacante da seleção brasileira no clube. Após chegar no começo do ano, Gabriel Jesus precisou apenas de dois jogos para ser titular da equipe e deixar no banco Kun Agüero, um dos grandes ídolos da torcida. Ele marcou três gols nas cinco primeiras partidas com a camisa do City.

Provavelmente, o jogador não irá defender o Brasil nos dois próximos jogos pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018: contra o Uruguai, em Montevidéu, no dia 23 de março; e contra o Paraguai, no dia 28, na Arena Corinthians (São Paulo).

Pelo Manchester City, Gabriel Jesus estaria disponível, a princípio, apenas para as três rodadas finais do Campeonato Inglês, contra Crystal Palace, Leicester City e Watford. Se o time seguir vivo na Liga dos Campeões, ele só poderia estrear na competição a partir de uma hipotética semifinal, já que os dois jogos desta fase estão marcados para as duas primeiras semanas de maio. A grande decisão do torneio será no dia 3 de junho.

Fotos: Reprodução

saiba antes via instagram @maisinfluenterevista