PUBLICIDADE

brasil

Estudo aponta que novo coronavírus circulou antes do Carnaval no Brasil

Uma pesquisa lid¬≠er¬≠a¬≠da pelo Insti¬≠tu¬≠to Oswal¬≠do Cruz (IOC/Fiocruz) apon¬≠ta que a cir¬≠cu¬≠la√ß√£o do novo coro¬≠n¬≠av√≠rus (SARS-CoV¬≠‚ÄĎ2) foi ini¬≠ci¬≠a¬≠da at√© qua¬≠tro sem¬≠anas antes dos primeiros casos serem reg¬≠istra¬≠dos em pa√≠s¬≠es da Europa e das Am√©ri¬≠c¬≠as.

Segun¬≠do o tra¬≠bal¬≠ho, pub¬≠li¬≠ca¬≠do na revista ‚ÄėMem√≥rias do Insti¬≠tu¬≠to Oswal¬≠do Cruz‚Äô, o novo coro¬≠n¬≠av√≠rus come√ßou a se espal¬≠har no Brasil por vol¬≠ta da primeira sem¬≠ana de fevereiro. Ou seja, mais de 20 dias antes do primeiro caso ser diag¬≠nos¬≠ti¬≠ca¬≠do em um via¬≠jante que retornou da It√°lia para S√£o Paulo, em 26 de fevereiro, e quase 40 dias antes das primeiras con¬≠fir¬≠ma√ß√Ķes ofi¬≠ci¬≠ais de trans¬≠mis¬≠s√£o comu¬≠nit√°ria, em 13 de mar√ßo.

O estu­do, que uti­liza uma metodolo­gia estatís­ti­ca de infer­ên­cia a par­tir dos reg­istros de óbitos, indi­ca que, enquan­to os país­es mon­i­toravam os via­jantes e con­fir­mavam os primeiros casos impor­ta­dos da Covid-19, a trans­mis­são comu­nitária da doença já esta­va em cur­so.

Na Europa, a cir­cu­lação da doença começou aprox­i­mada­mente em mea­d­os de janeiro na Itália e entre final de janeiro e iní­cio de fevereiro, na Bél­gi­ca, França, Ale­man­ha, Holan­da, Espan­ha e Reino Unido. O começo de fevereiro tam­bém foi o perío­do de iní­cio da dis­sem­i­nação na cidade de Nova York, nos Esta­dos Unidos, de acor­do com o estu­do.

PUBLICIDADE