dossiêmundo

É preso na Alemanha, Rupert Stadler, presidente da Audi

O presidenta da Audi, Rupert Stadler, foi preso nesta segunda-feira (18), na Alemanha, por envolvimento no caso “dieselgate”, como ficou conhecido o escândalo dos motores a diesel do grupo Volkswagen, do qual a Audi faz parte.

A Volkswagen confirmou o fato, informando que a detenção é temporária. De acordo com a Promotoria de Munique, “a ordem de prisão é baseada na ocultação de provas”.

A casa de Stadler foi revistada por promotores de Munique, na semana passada, durante a investigação de suspeita de fraude e impropriedades indiretas.

Uma multa de 1 bilhão de euros foi imposta pela Promotoria de Braunschweig, na semana passada, à Volkswagen pela manipulação das emissões de gases poluentes em motores diesel. A montadora alemã aceitou a decisão e não recorrerá.

O processo termina para a Volkswagen, que esperava que “tivesse efeitos notáveis” sobre outros processos que o grupo e suas filiais têm em outros países da Europa.

 

Foto: Daniel Roland/AFP

saiba antes via instagram @maisinfluenterevista