6.1 // denise prado

É goooooolllll!

“Marina Morena Gari e Goleira, você é demais…” Eu poderia continuar escrevendo inspirada na clássica Marina Morena de Dorival Caymmi, mas o que eu quero mesmo é continuar mostrando a garra, o comprometimento e o sucesso de Marina e uma equipe de atletas que estão participando da Surdolimpiada que está acontecendo em Sansum na Turquia.

Fiquei muito impressionada e ainda estou de como não se vê nenhum veículo falando do assunto, mostrando esses Surdoatletas que já são vitoriosos só por estarem ali, superando as adversidades, levando o Brasil no coração e no peito as medalhas conquistadas pelo Brasil, para o Brasil. Temos vários canais de esportes, jornais com cadernos de esporte, telejornais que dedicam uma parte do tempo a falar de esporte, mas essa turma linda de Surdoatletas não tem espaço na mídia, nem no telejornalismo, nem em lugar nenhum. Porque não tem patrocínio? “Eu pergunto e eu mesma respondo:” Sim. Elas não tem patrocínio”.

Ora, mas mesmo sem Patrocínio, elas/es não desistiram e estão lá pelo Brasil, por todos nós, Brasileiros. Então porque não conseguem espaço na mídia? Então porque algumas empresas não usam leis de incentivo no esporte e patrocinam? Ou porque simplesmente não patrocinam como já fazem com outras equipes. Elas são a Seleção Brasileira de Surdoatletas.

Na Turquia, essas/es  Surdoatletas já estão nos dando alegria. A primeira medalha do Brasil foi para o judô com Alexandre Soares Fernandes.  A segunda medalha ficou com o nadador Guilherme Maia e no futebol as meninas só fazem bonito. Ganharam da Turquia em casa no primeiro jogo de lavada: 4X1 para o Brasil. No segundo jogo contra a Grã Bretanha ficou no empate 1×1, mas contra a China foi mesmo uma lavada das brasileiras que mandaram muito bem: Brasil 9 x 0 China.

O treinador da Seleção Brasileira faz um pedido para que todas as pessoas mandem vídeo de incentivo para o time que enfrentará a Rússia na segunda feira. Cada pessoa se apresenta e manda uma mensagem que será legendada e direcionada para a equipe. A Rússia é muito forte nessa modalidade e as meninas querem trazer a vitória para casa. Envie por Whatsapp para o telefone: 21 99966.5747 para a Ana Cristina Moraes, mãe da Marina, nossa Goleira.

Se apresente, apareça e seja A mais Influente mola propulsora e incentivadora dessas/es Surdoatletas que nos representam.

Acessem o site: HTTP://cbds.org.br/

saiba antes via instagram @maisinfluenterevista