PUBLICIDADE

mundo

Dez milh√Ķes de litros de cerveja ser√£o jogados fora na Fran√ßa

√Č um efeito colat¬≠er¬≠al do fechamen¬≠to de bares e restau¬≠rantes den¬≠tro das medi¬≠das de quar¬≠ente¬≠na impostas pelo gov¬≠er¬≠no franc√™s para bar¬≠rar a propa¬≠ga√ß√£o do novo coro¬≠n¬≠av√≠rus. Ao menos 10 mil¬≠h√Ķes de litros de cerve¬≠ja ser√£o joga¬≠dos fora por que n√£o poder√£o ser con¬≠sum¬≠i¬≠dos a tem¬≠po.

‚ÄúO fechamen¬≠to bru¬≠tal de caf√©s, restau¬≠rantes, a proibi√ß√£o de ativi¬≠dades tur√≠s¬≠ti¬≠cas e o can¬≠ce¬≠la¬≠men¬≠to de todos os fes¬≠ti¬≠vais e sal√Ķes deixaram mais de 10 mil¬≠h√Ķes de litros de cerve¬≠ja, majori¬≠tari¬≠a¬≠mente em bar¬≠ris, para¬≠dos‚ÄĚ, afir¬≠ma um comu¬≠ni¬≠ca¬≠do do Sindi¬≠ca¬≠to Nacional dos Pro¬≠du¬≠tores de Cerve¬≠ja da Fran√ßa.

Segun­do as cerve­jarias, a prin­ci­pal razão é que a bebi­da na moda neste momen­to não é pas­teur­iza­da, ao con­trário das cerve­jas clás­si­cas. Mais frágeis, as cerve­jas arte­sanais podem ser con­ser­vadas durante um perío­do menor.

‚ÄúS√£o cerve¬≠jas que con¬≠t√™m muito l√ļpu¬≠lo. Se as guardar¬≠mos durante muito tem¬≠po, durante mais de dois ou tr√™s meses, o cheiro, gos¬≠to e aro¬≠ma desa¬≠pare¬≠cem‚ÄĚ, salien¬≠ta o Sindi¬≠ca¬≠to Nacional dos Pro¬≠du¬≠tores de Cerve¬≠ja da Fran√ßa.

Aju­da para destru­ição dos esto­ques

A cat­e­go­ria afir­ma que a destru­ição dos esto­ques terá graves con­se­quên­cias para as empre­sas. Por isso, o sindi­ca­to pede aju­da do gov­er­no, não ape­nas para que o setor se man­ten­ha, mas tam­bém no apoio logís­ti­co para o descarte do pro­du­to.

Se os 10 mil¬≠h√Ķes de litros da bebi¬≠da podem pare¬≠cer pouco diante de uma pro¬≠du√ß√£o de 2,25 bil¬≠h√Ķes de hec¬≠tolitros em 2020, s√£o v√°rios mil¬≠h√Ķes de euros que est√£o em jogo para os pro¬≠du¬≠tores, muitos finan¬≠ceira¬≠mente fr√°geis.

‚ÄúSem a aju¬≠da do gov¬≠er¬≠no, cen¬≠te¬≠nas de cerve¬≠jarias cor¬≠rem o risco de fechar defin¬≠i¬≠ti¬≠va¬≠mente, colo¬≠can¬≠do em risco mil¬≠hares de empre¬≠gos, dire¬≠ta ou indi¬≠re¬≠ta¬≠mente: uma ver¬≠dadeira per¬≠da de uma rica tradi√ß√£o na Fran√ßa‚ÄĚ, afir¬≠ma Mat¬≠tias Fekl, pres¬≠i¬≠dente da Uni√£o dos Pro¬≠du¬≠tores de Cerve¬≠ja da Fran√ßa, em entre¬≠vista ao canal BFM TV.

Segun¬≠do uma pesquisa recente, cer¬≠ca de 25% dos pro¬≠du¬≠tores de cerve¬≠ja da Fran√ßa tiver¬≠am que parar suas ativi¬≠dades. ‚Äú70% das cerve¬≠jarias declar¬≠am uma per¬≠da de 50% ou mais de seu vol¬≠ume de neg√≥¬≠cios des¬≠de 15 de mar√ßo‚ÄĚ, afir¬≠ma o lev¬≠an¬≠ta¬≠men¬≠to da Uni√£o dos Pro¬≠du¬≠tores de Cerve¬≠ja da Fran√ßa, que anal¬≠isou o fun¬≠ciona¬≠men¬≠to de 300 s√≥cios.

Por: RFI

PUBLICIDADE