2.0 // dossiê2.5 // brasil

Crescimento de acidentes de trânsito ligados ao trabalho

Os acidentes de trânsito cresceram 268,5%, ou cerca de 6,7 vezes, em nove anos (de 2007 a 2016), segundo o levantamento do Ministério da Saúde a partir de dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan).

O dado considera acidentes ocorridos quando o trabalhador tem função que envolve locomoção ou quando estava indo ou voltando do local de trabalho. Foram em média 10% as internações referentes ao trabalho nos acidentes de transito em 2016.

Uma das fontes oficiais disponíveis informa que foram 16.568 mortes no período, o que representa um percentual de 14% de óbitos dentro dos casos notificados. Em 2007, foram 2.798 notificações, número que subiu para 18.706 em 2016.

A região com maior percentual de registros de acidentes de transporte relacionados ao trabalho no Sinan foi a Sudeste (47,5%), e a menor, a região Norte (9,2%). Considerando o perfil de quem sofre acidente, a maioria é homem (81,7%), tem entre 18 e 29 anos (40,1%), e é da raça/cor negra (39,8%) com escolaridade de ensino médio (33,9%).

 

 

Fonte e Foto: G1

saiba antes via instagram @maisinfluenterevista