PUBLICIDADE

mundo

Coreia do Sul aprova teste de remédio de anticorpos contra Covid-19

A Cor­eia do Sul aprovou nes­ta sex­ta-feira (17) um teste clíni­co de está­gio ini­cial do trata­men­to exper­i­men­tal con­tra covid-19 da Cell­tri­on Inc, o que faz dele o primeiro remé­dio de anti­cor­pos do país a ser tes­ta­do em humanos.

Far¬≠ma¬≠c√™u¬≠ti¬≠cas de todo o mun¬≠do est√£o cor¬≠ren¬≠do para desen¬≠volver vaci¬≠nas e trata¬≠men¬≠tos con¬≠tra a doen√ßa semel¬≠hante √† gripe, cau¬≠sa¬≠da pelo novo coro¬≠n¬≠av√≠rus, que j√° infec¬≠tou quase 14 mil¬≠h√Ķes de pes¬≠soas e matou mais de 580 mil em todo o mun¬≠do.

O trata­men­to de anti­cor­pos da Cell­tri­on ata­ca a super­fí­cie do vírus e foi con­ce­bido para impe­di-lo de se unir a célu­las humanas.

A empre¬≠sa pre¬≠tende recru¬≠tar 32 vol¬≠un¬≠t√°rios saud√°veis, em colab¬≠o¬≠ra√ß√£o com um hos¬≠pi¬≠tal local para estu¬≠do de Fase 1 do rem√©¬≠dio, que demon¬≠strou redu√ß√£o de at√© 100 vezes da car¬≠ga viral em testes com ani¬≠mais.

A Cell­tri­on disse que testes de seu trata­men­to em humanos, feitos no exte­ri­or, começarão em breve em toda a Europa, incluin­do o Reino Unido, e serão segui­dos por testes globais de fas­es 2 e 3 em pacientes com sin­tomas bran­dos e mod­er­a­dos.

Ela pre¬≠v√™ resul¬≠ta¬≠dos ini¬≠ci¬≠ais dos estu¬≠dos at√© o fim do ano e pre¬≠tende com¬≠er¬≠cializar o rem√©¬≠dio no in√≠¬≠cio de 2021.

‚ÄúNos¬≠sos testes em humanos s√£o real¬≠iza¬≠dos glob¬≠al¬≠mente, por isso com certeza poder¬≠e¬≠mos expor¬≠tar, mas o ofer¬≠e¬≠cer¬≠e¬≠mos a pacientes estrangeiros somente depois de garan¬≠tir supri¬≠men¬≠tos para a Cor¬≠eia do Sul‚ÄĚ, disse √† Reuters Kee Woo-sung, pres¬≠i¬≠dente exec¬≠u¬≠ti¬≠vo da empre¬≠sa.

O trata­men­to de anti­cor­pos foi desen­volvi­do depois de ser iden­ti­fi­ca­do em uma amostra de sangue cole­ta­da de um dos primeiros sul-core­anos que se recu­per­aram da covid-19 em fevereiro.

Kee Woo-sung disse que as far­ma­cêu­ti­cas dev­e­ri­am tornar os preços de seus trata­men­tos con­tra Covid-19 acessíveis para aju­dar a acabar com a pan­demia, acres­cen­tan­do que seu remé­dio será mais bara­to do que o remde­sivir, medica­men­to antivi­ral da Gilead Sci­ences Inc.

Em jun¬≠ho, a Gilead esti¬≠mou o pre√ßo do remde¬≠sivir como trata¬≠men¬≠to con¬≠tra a covid-19 em US$ 2,34 mil por paciente em na√ß√Ķes desen¬≠volvi¬≠das.

Entre as out¬≠ras empre¬≠sas que desen¬≠volvem pos¬≠s√≠veis trata¬≠men¬≠tos con¬≠tra a doen√ßa est√£o a Eli Lil¬≠ly and Co, Regen¬≠eron Phar¬≠ma¬≠ceu¬≠ti¬≠cals Inc e Abb¬≠Vie.

Fonte: Ag√™n¬≠cia Brasil 

PUBLICIDADE