4.1 // sexo

Conheça os preservativos mais finos e sensíveis do Brasil

 

As camisinhas finas proporcionam uma sensação muito parecida com a de pele na pele, permitindo que o casal tenha reações mais sensíveis.

Vamos ser sinceros, a camisinha é um incômodo necessário. Todo mundo sabe a sua importância como método contraceptivo e na proteção contra doenças sexualmente transmissíveis, mas não há nada como o sexo sentindo pele na pele, sem a fricção da camisinha entre você e sua parceira. O verdadeiro problema, entretanto, é que abolir a camisinha dificilmente é uma opção, por mais que você e sua parceira tomem outras medidas contraceptivas, ainda existe o risco da transmissão de doenças durante o sexo – pior ainda em casos de relações casuais.

Uma pesquisa recente com mais de mil brasileiros, encomendada pela fabricante de preservativos Olla, revelou que 52% dos homens e 47% das mulheres nunca ou raramente usam camisinha. Sendo que a “desculpa campeã” para não usá-la é de que incomoda um ou ambos os parceiros.

Em um relacionamento de longo prazo, no qual os dois parceiros são fiéis e saudáveis, tal atitude é compreensiva – desde que usem outro método contraceptivo, é claro, como a pílula anticoncepcional. Mas, como já dissemos, em relações casuais, isso é um baita perigo por duas razões: primeiro porque você pode contrair uma DST séria, como AIDS. Em segundo porque você engravidar uma mulher. Já pensou nisso?

Como a reclamação da “camisinha ser incomoda” não é velha, a indústria preservativos mais sensíveis e finas, ou as extra finas, que garantem uma sensação menos artificial lá embaixo, e mantém a mesma proteção de sempre.

De acordo com as marcas, as camisinhas finas proporcionam uma sensação muito parecida com a de pele na pele, eliminando a fricção da camisinha e permitindo que o casal tenha reações mais sensíveis, facilitando que ambos chegam ao orgasmo com menos tempo e esforço – e estejam seguros.

Se você é um dos desajuizados que não curte usar camisinha porque incomoda – e sabe bem os riscos que corre ao não usar–, hoje, o AreaH, veio colocar um pouco de informação e juízo nessa sua cabeça (de cima!): fizemos uma lista dos preservativos mais finos do Brasil, para, assim, você pode fazer um sexo mais gostoso e seguro nas próximas vezes. Confira aí!

PRESERV EXTRA SENSITIVITY – Com 54 mm de largura, é maior que os preservativos tradicionais, sendo mais fino e resistente. Ela ainda apresenta apenas 0,045 mm de espessura, enquanto a maioria dos produtos do mercado apresenta de 0,06 a 0,08 mm, ou seja, praticamente a metade da espessura dos concorrentes.

PRUDENCE ULTRA SENSÍVEL – Mais fino e mais macio, esse preservativo deixa ainda mais natural os momentos mais quentes da relação. Ela tem largura de 52 mm, oferece espessura de 0,05 a 0,067 mm.

DUREX SENSITIVE – Não dá nenhuma informação sobre a espessura da linha Sensitive da Durex, marca recém chegada ao Brasil em se tratando de preservativos. No entanto, a única informação relevante quanto a esta camisinha é sua largura, que é de 53 mm – maior que a dos concorrentes.

BLOWTEX SENSITIVE – Ela tem espessura entre 0,048 e 0,060 mm, devido à variação durante o processo produtivo, com largura de 52 mm. Ela ainda possui um reservatório que, segundo o fabricante, tem proteção total contra vazamentos.

JONTEX SENSITIVE – Esse preservativo tem espessura menor que deixa maior sensação de contato que possui ponta com reservatório, evitando vazamentos. Sua largura é de 52 mm e há uma versão XL.

OLLA SENSITIVE – A largura é a mesma da anterior, de 52 mm. Assim como as outras, é mais fina que a convencional para proporcionar mais contato entre a pele.

PRESERV EXTRA PREMIUM – Feita em poliuretano, isto é, sem latex, ela é a camisinha mais larga (58 mm) e fina (0,02 mm) do Brasil. Talvez por isso seu valor está em torno de 350% acima dos preservativos mais finos e sensíveis feitos de látex.

BLOWTEX SKYN ELITE – A linha Skyn da Blowtex, feita de poliisopreno sintético, traz seis versões diferentes. A Elite, a mais fina delas, varia entre 0,065 a 0,069 com 53 mm de largura, o que a enquadra na lista de preservativos mais finos do Brasil também.

 

Foto: Reprodução
Fonte: Terra/AreaH

 

saiba antes via instagram @maisinfluenterevista