3.9 // celebridades

Coletiva de promoção do UFC 212

Na coletiva de imprensa para promover UFC 212 no Rio de Janeiro, José Aldo parece ter se contagiado com a onda de provocações que tomou conta do UFC nos últimos anos. Ao lado de Max Holloway, outra estrela do card principal, e de Anderson Silva, ele defendeu a postura atual de diversos lutadores, que apostam nas declarações fortes para fazer auto-promoção e tentar ganhar espaço tanto financeiramente como esportivamente.

“Para mim, isso é ótimo. É essa coisa (a provocação) que faz a luta ser grande. Isso é normal agora. Quando termina a luta, cada um vai para o seu lado. E com dinheiro no bolso. Tem que xingar mesmo, xingo até a mãe do cara. A p*** toda. Essa troca de farpas é ótima. É isso que vende e dá dinheiro. É uma geração nova. Quando eu comecei, eles eram atletas. Tinha uma filosofia. Agora, tem essa coisa de ‘lutador real’ e ‘lutador nutella’. Se você não provocar, vai ficar para trás. Ranking não serve para nada. O que vende mesmo é provocação”, disparou Aldo.

Fotos: Marcello Sa Barretto

saiba antes via instagram @maisinfluenterevista