entretenimentoesporte

Brasil e Alemanha prova a influência de Guardiola no futebol mundial

Técnico de maior influência no futebol mundial de alto nível nos últimos anos, Pep Guardiola também vai emprestar um pouquinho de sua tinta para pintar o clássico desta terça-feira entre Brasil e Alemanha. As substituições de Tite e Joachim Löw colocarão três jogadores do Manchester City, reservas nos amistosos da última sexta-feira, como titulares.

De um lado, Fernandinho se juntará a Gabriel Jesus, mantido. Do outro, Gündogan e Sané substituirão protagonistas, campeões mundiais, numa nova grande oportunidade de se candidatarem a serem titulares da Alemanha na Copa do Mundo.

Esses quatro jogadores frequentemente trocam passes nas partidas do City, que tem encantado o mundo. Líder do Campeonato Inglês – o título é mera questão de tempo, já que o rival United, segundo colocado, está 16 pontos atrás – e dono de uma das melhores campanhas da Liga dos Campeões, o time incorporou muito da essência de Guardiola.

Tite tinha traçado o plano de colocar Fernandinho contra a Alemanha há meses. Faz parte do cardápio de observações finais para a Copa do Mundo.

Na Seleção, ele ficará posicionado de maneira diferente em relação ao que faz no City, embora o sistema tático seja parecido. Com Guardiola, Fernandinho é o “1” entre as duas linhas, de defesa e meio-campo. Na Seleção, esse papel é exercido por Casemiro.

Tite consultou o técnico espanhol sobre adiantá-lo, e ouviu que Fernandinho poderia, sim, ter uma função de maior articulação ofensiva, mas que no City ele não possuía outro jogador com suas características, e por isso o mantinha sempre como primeiro volante.

No início de sua trajetória na Inglaterra, Guardiola disse que Fernandinho era tão bom que poderia executar múltiplas funções durante uma partida.

O volante substituirá Douglas Costa nesta terça-feira.

Na Alemanha

Ilkay Gündogan e Leroy Sané devem entrar nos lugares de Khedira e Draxler. Ambos entraram no segundo tempo diante da Espanha. Sané, de 22 anos, ressaltou a importância de Guardiola para sua evolução.

– É um treinador que me ajudou muito na parte tática, ajuda a me desenvolver como jogador.

Löw não precisa mudar a distribuição dos alemães com as mudanças. Sané atuará como no City, aberto por um dos lados do campo – Stindl é candidato a estar na outra ponta.

Gündogan, por sua vez, tanto no futuro campeão inglês como na atual campeã mundial, pode ser posicionado em qualquer lugar do meio-campo. Decisivo em vários momentos no City, mesmo sem ser titular absoluto, o alemão falou sobre Gabriel Jesus antes do amistoso.

– Gabriel é um jogador de muitas qualidades, muito jovem, tem técnica, e ainda tem muito a aprender. Ele é forte e nós conseguimos contratá-lo por um preço razoável (risos) –Gabriel foi vendido pelo Palmeiras ao City por R$ 121 milhões.

Veja as informações de Brasil e Alemanha para o jogão:

  • Local: estádio Olímpico, em Berlim (ALE);
  • Data e horário: terça-feira, às 15h45 (de Brasília);
  • Escalação do Brasil: Alisson, Daniel Alves, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro; Fernandinho, Paulinho, Willian e Coutinho; Gabriel Jesus;
  • Desfalques brasileiros: Neymar (fratura no quinto metatarso do pé direito), Filipe Luís (fratura na fíbula da perna esquerda) e Alex Sandro (lesão muscular na coxa direita);
  • Provável escalação da Alemanha: Ter Stegen, Kimmich, Boateng, Hummels e Plattenhardt; Gündogan, Kroos e Goretzka; Stindl, Sané e Wagner;
  • Desfalques alemães: Neuer (em recuperação de cirurgia no pé esquerdo), Müller e Özil (poupados) e Emre Can (dores nas costas);
  • Arbitragem: Jonas Eriksson (SUE), auxiliado por Mathias Klasenius e Daniel Wärnmark (ambos da Suécia);
  • Transmissão: TV Globo (com Galvão Bueno, Casagrande, Júnior e Arnaldo Cezar Coelho), SporTV (com Milton Leite, Muricy Ramalho e Mauricio Noriega), reportagens de Tino Marcos, Mauro Naves e Richard Souza, e GloboEsporte.com;
  • Tempo Real: GloboEsporte.com, a partir das 14h.

Fonte: Globo Esporte

saiba antes via instagram @maisinfluenterevista