PUBLICIDADE

sa√ļde

5 alimentos funcionais que n√£o est√£o no card√°pio de quem quer emagrecer, mas deveriam

Sal¬≠a¬≠da √© uma das primeiras palavras que vem √† cabe√ßa de quem quer ema¬≠gre¬≠cer e n√£o tem muito con¬≠hec¬≠i¬≠men¬≠to sobre o assun¬≠to. Rodri¬≠go Polesso, espe¬≠cial¬≠ista em Nutri√ß√£o Otimiza¬≠da para Sa√ļde e Bem-Estar pela Uni¬≠ver¬≠si¬≠dade Estad¬≠ual de San Diego, Cal¬≠if√≥r¬≠nia, e cri¬≠ador do pro¬≠gra¬≠ma online de ema¬≠grec¬≠i¬≠men¬≠to C√≥di¬≠go Ema¬≠gre¬≠cer de Vez, expli¬≠ca que exis¬≠tem muitos ali¬≠men¬≠tos que aju¬≠dam a ema¬≠gre¬≠cer e d√° a primeira dica: n√£o pas¬≠sar fome. ‚ÄúO primeiro grande mito sobre o ema¬≠grec¬≠i¬≠men¬≠to est√° no con¬≠ceito de que √© pre¬≠ciso com¬≠er pouco e con¬≠tar calo¬≠rias, e isso √© uma grande men¬≠ti¬≠ra. Quan¬≠do voc√™ pri¬≠or¬≠iza qual¬≠i¬≠dade dos ali¬≠men¬≠tos que con¬≠some, seu cor¬≠po auto¬≠mati¬≠ca¬≠mente reg¬≠u¬≠lara a quan¬≠ti¬≠dade necess√°ria para voc√™ se sen¬≠tir saci¬≠a¬≠do‚ÄĚ, expli¬≠ca.

Antes de destacar os cin¬≠co ali¬≠men¬≠tos que aju¬≠dam a ema¬≠gre¬≠cer e que para muitos s√£o con¬≠sid¬≠er¬≠a¬≠dos vil√Ķes, Polesso expli¬≠ca que o que pouco se fala sobre ema¬≠gre¬≠cer √© que o cor¬≠re¬≠to √© bus¬≠car ali¬≠men¬≠tos capazes de reg¬≠u¬≠larizar o fun¬≠ciona¬≠men¬≠to metab√≥li¬≠co e hor¬≠mon¬≠al do cor¬≠po de for¬≠ma a faz¬≠er com que ele queime o exces¬≠so de gor¬≠du¬≠ra nat¬≠u¬≠ral¬≠mente. ‚ÄúO prin¬≠ci¬≠pal hor¬≠m√īnio que pre¬≠cisa fun¬≠cionar cor¬≠re¬≠ta¬≠mente √© a insuli¬≠na, caso con¬≠tr√°rio ir√° con¬≠tin¬≠uar pro¬≠moven¬≠do o armazena¬≠men¬≠to de gor¬≠du¬≠ra at√© mes¬≠mo quan¬≠do comem¬≠os pouco‚ÄĚ, expli¬≠ca. Por isso, Polesso con¬≠ta que o foco deve estar na qual¬≠i¬≠dade do que se come. ‚Äú√Č impor¬≠tante evi¬≠tar ali¬≠men¬≠tos ricos em car¬≠boidratos refi¬≠na¬≠dos e indus¬≠tri¬≠al¬≠iza¬≠dos, pois al√©m de engorda¬≠tivos eles trazem v√°rios riscos √† sa√ļde‚ÄĚ.

  • Quei¬≠jos

qef

Difer¬≠ente de muitos que trans¬≠for¬≠mam a gor¬≠du¬≠ra pre¬≠sente nos quei¬≠jos em vil√£, Polesso ensi¬≠na que eles s√£o ali¬≠men¬≠tos nutri¬≠tivos e podem ser ali¬≠a¬≠dos de uma dieta ali¬≠men¬≠tar que visa a reg¬≠u¬≠lar¬≠iza¬≠√ß√£o do sis¬≠tema hor¬≠mon¬≠al do cor¬≠po. ‚ÄúAssim como os out¬≠ros lat¬≠ic√≠nios, √© impor¬≠tante estar aten¬≠to para as ver¬≠s√Ķes indus¬≠tri¬≠al¬≠izadas, por isso opte pelos quei¬≠jos n√£o proces¬≠sa¬≠dos‚ÄĚ, indi¬≠ca o espe¬≠cial¬≠ista. Enquan¬≠to sug¬≠ere que se d√™ prefer¬≠√™n¬≠cia ao quei¬≠jo inte¬≠gral e o mais nat¬≠ur¬≠al pos¬≠s√≠v¬≠el, Polesso lem¬≠bra que eles s√£o bem-vin¬≠dos ape¬≠nas √†s pes¬≠soas que proces¬≠sam bem a lac¬≠tose.

  • Fru¬≠tos do marfrutos-do-mar

Longe da ali¬≠men¬≠ta√ß√£o rotineira da maio¬≠r¬≠ia das pes¬≠soas, a var¬≠iedade de fru¬≠tos do mar dispon√≠veis s√£o muito bem-vin¬≠dos √† dieta de quem bus¬≠ca perder peso. ‚ÄúAl√©m de serem ricos em pro¬≠te√≠¬≠nas e gor¬≠duras de alta qual¬≠i¬≠dade, eles con¬≠t√™m grande quan¬≠ti¬≠dade de √īmega 3, que tam¬≠b√©m aux¬≠il¬≠ia no for¬≠t¬≠alec¬≠i¬≠men¬≠to da sa√ļde ger¬≠al‚ÄĚ, con¬≠ta. Mariscos, camar√£o, mer¬≠luza, pol¬≠vo e ostra s√£o parte da lista que pode estar mais pre¬≠sente no card√°¬≠pio. ‚ÄúPro¬≠cure adquirir sem¬≠pre os pro¬≠du¬≠tos mais fres¬≠cos e evite as ver¬≠s√Ķes indus¬≠tri¬≠al¬≠izadas deles, como os enlata¬≠dos‚ÄĚ, aler¬≠ta.

  • Cogume¬≠los

cogumelos-comestiveis-os-fungos-do-bem-1-801

Todos os cogume¬≠los comest√≠veis, como Shime¬≠ji, Shi¬≠itake, champignon, entre out¬≠ros, fazem parte dos ali¬≠men¬≠tos acel¬≠er¬≠adores, ou seja, que pro¬≠movem a mod¬≠i¬≠fi¬≠ca√ß√£o metab√≥li¬≠ca do cor¬≠po e reg¬≠u¬≠lam a pro¬≠du√ß√£o de insuli¬≠na. ‚ÄúEles s√£o ricos em muitos nutri¬≠entes, incluin¬≠do o pot√°s¬≠sio, que colab¬≠o¬≠ra con¬≠tra a reten√ß√£o de l√≠qui¬≠do‚ÄĚ, expli¬≠ca o espe¬≠cial¬≠ista. Segun¬≠do Polesso, √© impor¬≠tante pri¬≠orizar os cogume¬≠los fres¬≠cos aos enlata¬≠dos ou em con¬≠ser¬≠va, que geral¬≠mente s√£o nat¬≠u¬≠ral¬≠mente livres de pes¬≠ti¬≠ci¬≠das e agrot√≥x¬≠i¬≠cos.

 

 

Tasty bar of Chocolate on the wooden background

  • Choco¬≠late

O choco¬≠late pode ser um √≥ti¬≠mo ali¬≠a¬≠do da dieta, des¬≠de que seja bem difer¬≠ente das gulo¬≠seimas reple¬≠tas de a√ß√ļ¬≠car e adi¬≠tivos. ‚ÄúO cacau inte¬≠gral e sua man¬≠teiga √© um ali¬≠men¬≠to muito nutri¬≠ti¬≠vo, por isso as bar¬≠ras de choco¬≠late com pelo menos 85% deste ingre¬≠di¬≠ente s√£o exce¬≠lentes op√ß√Ķes‚ÄĚ, sug¬≠ere o espe¬≠cial¬≠ista. Polesso desta¬≠ca que isso pode aju¬≠dar a saciar a von¬≠tade de com¬≠er doces.

 

4f8wh

  • Bacon

Por √ļlti¬≠mo, Polesso desta¬≠ca um ali¬≠men¬≠to que assus¬≠ta muitas pes¬≠soas: o bacon. ‚ÄúEle √© mal vis¬≠to por mui¬≠ta gente, mas na ver¬≠dade √© uma fonte de gor¬≠duras de qual¬≠i¬≠dade.‚ÄĚ, afir¬≠ma. O espe¬≠cial¬≠ista con¬≠ta que metade da gor¬≠du¬≠ra pre¬≠sente no bacon √© monoin¬≠sat¬≠u¬≠ra¬≠da, vista uni¬≠ver¬≠salmente como uma gor¬≠du¬≠ra de boa qual¬≠i¬≠dade. No entan¬≠to, o espe¬≠cial¬≠ista aler¬≠ta que h√° op√ß√Ķes de bacon com nitri¬≠tos e out¬≠ros ingre¬≠di¬≠entes acres¬≠cen¬≠ta¬≠do √† carne. ‚ÄúPro¬≠cure uti¬≠lizar as mar¬≠cas que curam o bacon da for¬≠ma mais nat¬≠ur¬≠al pos¬≠s√≠v¬≠el‚ÄĚ.

PUBLICIDADE